27/07/2017 – Brasil Energia Online

Tarifa branca promete aquecer mercado de automação

A possibilidade de os consumidores de baixa tensão do grupo A e B, a partir de 1º de janeiro de 2018, aderirem à tarifa branca – opção que sinaliza a variação do valor da energia conforme dia e horário de consumo – deve ser benéfica para os fornecedores de medidores eletrônicos de energia e de softwares para leitura e análise dos dados de consumo.

Leia mais

18/07/2017 – ElectroPages

17/07/2017 – Jornal do Commercio (AM)

Medição de energia e consumo consciente

Movimento que já avança bastante no setor de distribuição para grandes consumidores

A cidade de Barueri, em São Paulo, caminha para ser a primeira do país a ter toda a sua distribuição constituída por redes inteligentes de energia. Num primeiro momento, escritórios e empresas da região serão contemplados com medidores inteligentes e a expectativa é que, no prazo de três anos, a tecnologia também possa ser usufruída pelas pessoas físicas. Trata-se de um movimento que já avança bastante no setor de distribuição para grandes consumidores (indústria e comércio), mas ainda tímido para consumidores residenciais.

Leia mais

14/07/2017 – IDG NOW

Vivo e Huawei inauguram laboratório de Internet das Coisas no RJ

Da Redação 14 de julho de 2017 – 13h53

Todas as pesquisas, desenvolvimento de novos produtos e aplicações serão relacionadas à tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT)

A Vivo inaugurou um laboratório de inovação, denominado Open IoT Lab, voltado para o desenvolvimento de aplicações com tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT). Com base em características de baixo consumo de energia, melhor cobertura e a possibilidade de conectar um grande número de objetos, a tecnologia NB-IoT é a próxima tendência importante para a indústria de comunicações e está no centro da estratégia de negócio da Vivo, especialmente no segmento B2B. A implementação do Open IoT Lab contou com a parceria da Huawei.

Leia mais

13/07/2017 – Convergência Digital

Vivo ativa laboratório aberto de IoT no Rio de Janeiro

A Vivo ativou, no Rio de Janeiro, no seu Centro de Desenvolvimento de Pesquisa e Desenvolvimento, o Open IoT Lab, tem como principal objetivo impulsionar e garantir um ecossistema amplo de parceiros para oferecer ao mercado as melhores soluções comerciais em Internet das Coisas e contribuir para a criação de um mercado local.

Leia mais

13/07/2017 – Computer World

Vivo e Huawei criam laboratório de IoT para desenvolver novas aplicações

Todas as pesquisas, desenvolvimento de novos produtos e aplicações serão relacionadas à tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT)

Da Redação
13 de Julho de 2017 – 20h23

A Vivo inaugurou um laboratório de inovação, denominado Open IoT Lab, voltado para o desenvolvimento de aplicações com tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT). Com base em características de baixo consumo de energia, melhor cobertura e a possibilidade de conectar um grande número de objetos, a tecnologia NB-IoT é a próxima tendência importante para a indústria de comunicações e está no centro da estratégia de negócio da Vivo, especialmente no segmento B2B. A implementação do Open IoT Lab contou com a parceria da Huawei.

Leia mais

13/07/2017 – Meio e Mensagem Online

Vivo inaugura laboratório de Internet das Coisas

Open IoT Lab busca expandir mercado de dispositivos conectados no País

Buscando impulsionar o segmento de tecnologia de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) no País e criar um mercado local, a Vivo abre um laboratório de inovação com base no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa, no Rio de Janeiro.

Leia mais

10/07/2017 – Canal Energia

Medição de energia e consumo consciente

A cidade de Barueri, em São Paulo, caminha para ser a primeira do país a ter toda a sua distribuição constituída por redes inteligentes de energia. Num primeiro momento, escritórios e empresas da região serão contemplados com medidores inteligentes e a expectativa é que, no prazo de três anos, a tecnologia também possa ser usufruída pelas pessoas físicas. Trata-se de um movimento que já avança bastante no setor de distribuição para grandes consumidores (indústria e comércio), mas ainda tímido para consumidores residenciais.

Leia mais

10/07/2017 – DCI – Diário, Comércio, Indústria & Serviços.

Medição de energia e consumo consciente

Movimento que já avança bastante no setor de distribuição para grandes consumidores

A cidade de Barueri, em São Paulo, caminha para ser a primeira do país a ter toda a sua distribuição constituída por redes inteligentes de energia. Num primeiro momento, escritórios e empresas da região serão contemplados com medidores inteligentes e a expectativa é que, no prazo de três anos, a tecnologia também possa ser usufruída pelas pessoas físicas. Trata-se de um movimento que já avança bastante no setor de distribuição para grandes consumidores (indústria e comércio), mas ainda tímido para consumidores residenciais.

Leia mais

05/07/2017– Revista Eletricidade Moderna

App coleta dados de unidades não telemedidas

A CAS Tecnologia — provedora de soluções para os segmentos de energia, água e gás desenvolveu o aplicativo MOBii – Mobilidade Inteligente e Integrada, que permite a coleta de dados de leitura, parametrização e carga de programa de medidores de energia elétrica não telemedidos ou para situações de contingência (eventuais falhas de comunicação). O aplicativo pode ser instalado com smartphones e tablets que operem com sistema Android e que tenham comunicação Bluetooth.

Leia mais