Conta de Luz mais Barata para Consumo Fora de Pico

Tarifa Branca pode baratear o custo dos consumidores que aderirem ao novo programa em vigor

Usuários que estejam dispostos a reduzir o gasto de energia no horário de pico do consumo – que ocorre, com alguma variação por estado, de 17h a 21h – poderão gastar menos com a conta de luz. Entrou em vigor ontem a tarifa branca. O regime cobra três preços: o de pico ou na ponta, como se diz no jargão do setor (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). A adesão é opcional. O consumidor precisa formalizar junto à distribuidora que quer ficar no novo regime.

Leia mais

Consumidor de energia elétrica deve ficar atento para não pagar mais

Por: Raquel Gomes

Conta de Luz mais Barata para Consumo Fora de Pico

Tarifa Branca pode baratear o custo dos consumidores que aderirem ao novo programa em vigor

Usuários que estejam dispostos a reduzir o gasto de energia no horário de pico do consumo – que ocorre, com alguma variação por estado, de 17h a 21h – poderão gastar menos com a conta de luz. Entrou em vigor ontem a tarifa branca. O regime cobra três preços: o de pico ou na ponta, como se diz no jargão do setor (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). A adesão é opcional. O consumidor precisa formalizar junto à distribuidora que quer ficar no novo regime.

Leia mais

Nova tarifa de energia pode deixar conta de luz mais barata

 

Usuários que estejam dispostos a reduzir o gasto de energia no horário de pico do consumo -que ocorre, com alguma variação por Estado, de 17h a 21h- poderão gastar menos com a conta de luz.

Entra em vigor nesta segunda-feira (1º) a tarifa branca. O regime cobra três preços: o de pico ou na ponta, como se diz no jargão do setor (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). A adesão é opcional. O consumidor precisa formalizar junto à distribuidora que quer ficar no novo regime.

Leia mais

NO RÁDIO: Especialista explica a Tarifa Branca de energia

Juliana Rios, gerente da CAS, comenta sobre os horários dos postos tarifários com a tarifa branca de energia, quem pode aderir, a partir de quando e se haverá custos para o consumidor que fizer a opção.

Leia mais

Medição de energia e consumo consciente

Movimento que já avança bastante no setor de distribuição para grandes consumidores

A cidade de Barueri, em São Paulo, caminha para ser a primeira do país a ter toda a sua distribuição constituída por redes inteligentes de energia. Num primeiro momento, escritórios e empresas da região serão contemplados com medidores inteligentes e a expectativa é que, no prazo de três anos, a tecnologia também possa ser usufruída pelas pessoas físicas. Trata-se de um movimento que já avança bastante no setor de distribuição para grandes consumidores (indústria e comércio), mas ainda tímido para consumidores residenciais.

Leia mais

Vivo e Huawei inauguram laboratório de Internet das Coisas no RJ

Da Redação 14 de julho de 2017 – 13h53

Todas as pesquisas, desenvolvimento de novos produtos e aplicações serão relacionadas à tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT)

A Vivo inaugurou um laboratório de inovação, denominado Open IoT Lab, voltado para o desenvolvimento de aplicações com tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT). Com base em características de baixo consumo de energia, melhor cobertura e a possibilidade de conectar um grande número de objetos, a tecnologia NB-IoT é a próxima tendência importante para a indústria de comunicações e está no centro da estratégia de negócio da Vivo, especialmente no segmento B2B. A implementação do Open IoT Lab contou com a parceria da Huawei.

Leia mais

Vivo ativa laboratório aberto de IoT no Rio de Janeiro

A Vivo ativou, no Rio de Janeiro, no seu Centro de Desenvolvimento de Pesquisa e Desenvolvimento, o Open IoT Lab, tem como principal objetivo impulsionar e garantir um ecossistema amplo de parceiros para oferecer ao mercado as melhores soluções comerciais em Internet das Coisas e contribuir para a criação de um mercado local.

Leia mais

Vivo e Huawei criam laboratório de IoT para desenvolver novas aplicações

Todas as pesquisas, desenvolvimento de novos produtos e aplicações serão relacionadas à tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT)

Da Redação
13 de Julho de 2017 – 20h23

A Vivo inaugurou um laboratório de inovação, denominado Open IoT Lab, voltado para o desenvolvimento de aplicações com tecnologia de Internet das Coisas Narrow Band-IoT (NB-IoT). Com base em características de baixo consumo de energia, melhor cobertura e a possibilidade de conectar um grande número de objetos, a tecnologia NB-IoT é a próxima tendência importante para a indústria de comunicações e está no centro da estratégia de negócio da Vivo, especialmente no segmento B2B. A implementação do Open IoT Lab contou com a parceria da Huawei.

Leia mais