Posts

Comércios e Casas Poderão aderir à Tarifa Branca

Tarifa branca: veja o que muda na conta de energia

Em 2019, o Brasil começou a operar a cobrança por meio da chamada tarifa branca. Entenda o que muda para o consumidor

Começou em janeiro a cobrança de consumo de energia por meio da chamada tarifa branca. Em linhas gerais, essa tarifa aparece na conta de luz de quem consome mais de 250 quilowatt-hora por mês (KWh/mês) – o que engloba quase 16 milhões de unidades consumidores, ou seja, pessoas e empresas. Aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a tarifa branca sinaliza aos consumidores a variação do valor de energia de acordo com o dia e o horário de consumo.

Leia mais

Consumidores de baixa tensão podem atrair nova onda de Redes Inteligentes

O empoderamento do consumidor, com novas modalidades de tarifação e microgeração, estão levando distribuidoras a estudar novos projetos, diz CAS Tecnologia.

Leia mais

Consumidor pode adotar a Tarifa Branca 

Desde o dia 1º de janeiro, parte dos consumidores brasileiros atendidos em baixa tensão pode aderir à chamada Tarifa Branca de energia. A medida cria a possibilidade de que os usuários que se enquadrem no regulamento venham a reduzir os gastos com esse insumo.

Leia mais

Nova tarifa de energia pode deixar a conta de luz mais barata

Usuários que estejam dispostos a reduzir o gasto de energia no horário de pico do consumo – que ocorre, com alguma variação por estado, de 17h a 21h – poderão gastar menos com a conta de luz. Entrou em vigor ontem a tarifa branca. O regime cobra três preços: o de pico ou na ponta, como se diz no jargão do setor (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). A adesão é opcional. O consumidor precisa formalizar junto à distribuidora que quer ficar no novo regime.

Leia mais

Conta de Luz mais Barata para Consumo Fora de Pico

Tarifa Branca pode baratear o custo dos consumidores que aderirem ao novo programa em vigor

Usuários que estejam dispostos a reduzir o gasto de energia no horário de pico do consumo – que ocorre, com alguma variação por estado, de 17h a 21h – poderão gastar menos com a conta de luz. Entrou em vigor ontem a tarifa branca. O regime cobra três preços: o de pico ou na ponta, como se diz no jargão do setor (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). A adesão é opcional. O consumidor precisa formalizar junto à distribuidora que quer ficar no novo regime.

Leia mais

Consumidor de energia elétrica deve ficar atento para não pagar mais

Por: Raquel Gomes

Conta de Luz mais Barata para Consumo Fora de Pico

Tarifa Branca pode baratear o custo dos consumidores que aderirem ao novo programa em vigor

Usuários que estejam dispostos a reduzir o gasto de energia no horário de pico do consumo – que ocorre, com alguma variação por estado, de 17h a 21h – poderão gastar menos com a conta de luz. Entrou em vigor ontem a tarifa branca. O regime cobra três preços: o de pico ou na ponta, como se diz no jargão do setor (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). A adesão é opcional. O consumidor precisa formalizar junto à distribuidora que quer ficar no novo regime.

Leia mais

Nova tarifa de energia pode deixar conta de luz mais barata

 

Usuários que estejam dispostos a reduzir o gasto de energia no horário de pico do consumo -que ocorre, com alguma variação por Estado, de 17h a 21h- poderão gastar menos com a conta de luz.

Entra em vigor nesta segunda-feira (1º) a tarifa branca. O regime cobra três preços: o de pico ou na ponta, como se diz no jargão do setor (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). A adesão é opcional. O consumidor precisa formalizar junto à distribuidora que quer ficar no novo regime.

Leia mais

NO RÁDIO: Especialista explica a Tarifa Branca de energia

Juliana Rios, gerente da CAS, comenta sobre os horários dos postos tarifários com a tarifa branca de energia, quem pode aderir, a partir de quando e se haverá custos para o consumidor que fizer a opção.

Leia mais